O universo nano ao seu alcance

mai 18

Nanotecnologia para garimpeiros: nanosensores facilitam a busca de ouro

    Yao Wu e Rebecca Lai, da Universidade de Nebraska, nos EUA, estavam trabalhando no desenvolvimento de sensores para detectar contaminantes na água.Foi aí que a dupla percebeu que seus sensores seriam úteis para detectar quantidades-traço dos metais como cádmio, chumbo, arsênico e outros metaloides,além de ouro, platina, prata e mercúrio.

    O sensor de DNA detecta Au(III) - foto ao lado - um íon de ouro que se origina da dissolução do ouro metálico - os sensores de mercúrio e prata também detectam íons dissolvidos de cada metal.

    "O Au(III) detectado tem que vir do ouro metálico. Assim, se o íon de ouro é encontrado em um curso d'água, um depósito de ouro está em algum lugar nas proximidades," explicou Lai.

Figura 2. O ouro reage com as moléculas de DNA existentes no sensor, aparecendo claramente na corrente elétrica que flui pelo dispositivo

    Os sensores são fabricados em fitas de papel, sendo baratos, portáteis e reutilizáveis. Assim, em vez de coletar amostras e enviá-las ao laboratório para análise, o geólogo, minerador ou garimpeiro do futuro poderão sair com uma coleção de fitas e medir vários pontos de interesse ao longo dos cursos d'água.

    O princípio do sensoré empregar moléculas de DNA, uma vez que diferentes íons metálicos têm diferentes interações com bases do DNA. O ouro, por exemplo, interage com a adenina, a prata com a citosina, o mercúrio com a timina etc.

    "A exploração geoquímica do ouro está se tornando cada vez mais importante para a indústria mineral. Existe a necessidade do desenvolvimento de métodos analíticos sensíveis, seletivos e baratos capazes de identificar e quantificar ouro em amostras biológicas e ambientais complexas," concluiu Lai, que já está em contato com empresas para tentar colocar os sensores no mercado.

REFERÊNCIAS

 
  • Electrochemical Gold(III) Sensor with High Sensitivity and Tunable Dynamic Range. Yao Wu, Rebecca Y. Lai, Analytical Chemistry Vol.: 88 (4), pp 2227-2233

Olhar Nano